Ciências tecnologia e eletricidade

O que é eletricidade, corrente elétrica, elétrons, condutores elétricos, isolantes elétricos, corrente contínua e alternada

Eletricidade - Uma lampada iluminada
Eletricidade – Uma lampada iluminada

Conhecendo a eletricidade 

Atualmente há muitas formas de se utilizar a eletricidade, pois o homem já tem bastante conhecimento a seu respeito.

Há muitos termos utilizados quando se fala sobre conexão com a eletricidade. Contudo, os mais importantes, são os chamados positivo e negativo.

Na eletricidade os opostos realmente se atraem, uma vez que tudo aquilo que possui carga negativa atrai tudo o que possui a carga positiva; entretanto, sabe-se que quando existem duas cargas carregadas de igual modo, elas se repelem.

Os elétrons buscam constantemente passar de um ponto negativo para outro positivo. No caso de alguns materiais, como, por exemplo, o cobre e outros metais, é possível que os elétrons circulem facilmente entre as cargas negativas e positivas. Estes metais são conhecidos como condutores. O movimento dos elétrons ao longo de um condutor é chamado de corrente elétrica.

A corrente contínua ocorre quando a um fluxo constante de elétrons pelo condutor. Enquanto que a corrente alternada tem um fluxo de média zero, embora este valor nulo não ocorra todo tempo. Neste último caso, o fluxo de elétrons muda de direção continuamente.

Há certos materiais, como a borracha, a porcelana e vários tipos de plásticos, que impedem a passagem dos elétrons. Estes tipos de materiais são chamados de isolantes.

No uso geral, a palavra “eletricidade” se refere de forma igualmente satisfatória a uma série de efeitos físicos. Em um contexto científico, no entanto, o termo é muito geral para ser empregado de forma única, e conceitos distintos, contudo a ele diretamente relacionados são usualmente melhor identificados por termos ou expressões específicas.

Alguns conceitos importantes com nomenclatura específica que dizem respeito à eletricidade são:

Carga elétrica: conceito físico que determina as interações eletromagnéticas dos corpos eletrizados.

Assim, a partir do atrito entre os corpos, ocorre o fenômeno chamado “eletrização”, de modo que todos os corpos possuem a propriedade de se atraírem ou se repelirem.

Campo elétrico: efeito produzido por uma carga no espaço que a contém, o qual pode exercer força sobre outras partículas carregadas.

Potencial elétrico: capacidade de uma carga elétrica de realizar trabalho ao alterar sua posição. A quantidade de energia potencial elétrica armazenada em cada unidade de carga em dada posição.

Corrente elétrica: quantidade de carga que ultrapassa determinada secção por unidade de tempo.

Potência elétrica: quantidade de energia elétrica convertida por unidade de tempo.

Energia elétrica: energia armazenada ou distribuída na forma elétrica. Unidade SI: a mesma da energia,

Eletromagnetismo: interação fundamental entre o campo magnético e a carga elétrica, estática ou em movimento.

Curiosidades:

– O primeiro pesquisador a estudar a eletricidade foi o médico e físico inglês William Gilbert. Seus estudos com magnetismo e eletricidade ocorrem no começo do século XVII e foram publicados na obra “De Magnete”.

– A eletricidade serviu de mola propulsora para a invenção de milhares de produtos elétricos e eletrônicos no século XX. Atualmente, quase todos os aparelhos que usamos dentro de casa utilizam a energia elétrica para funcionarem.

– No final do século XIX, a eletricidade já era usada em muitas cidades da Europa para iluminação pública e uso doméstico.

– Cerca de 80% da eletricidade gerada no Brasil tem como origem as usinas hidrelétricas. Isso é ótimo para o país, pois trata-se de uma fonte renovável de energia. (Fonte: Ministério de Minas e Energia do Brasil).