Aplicação Terminal Polimérico TPK

Para instalação em sistemas de distribuição de energia elétrica para conectar cabos de potência com condutor de cobre ou alumínio, com isolação EPR, HEPR 105 ou XLPE e tensão de isolamento de 3,6/6kV a 20/35kV, para uso interno e externo, em áreas normais ou poluídas.

Mufla Terminal Polimérico TPK
Mufla Terminal Polimérico TPK

CARACTERÍSTICAS

– Tecnologia Push Over.
– Montagem a frio.
– Reduzido tempo de instalação.
– Pressão ativa.
– Abrangência de diâmetros.
– Elevada vida útil.
– Silicone “track resistant”.
– Dimensões reduzidas.
– Opcional: Conector CTK e Suporte SCK

Tabela terminal polimérico TPK

NORMAS APLICÁVEIS

Os terminais TPK atendem aos ensaios previstos na Norma Brasileira NBR 9314 “Emendas e Terminais para cabos de potência com isolação para tensões de 3,6/6kV a 27/35kV” e IEC 60502-4 conforme relatório CEPEL: DVLF – 01454/2012.

ESPECIFICAÇÃO

Os terminais são fornecidos em Kits completos contendo todos os materiais para sua montagem e instruções detalhadas para sua correta instalação, podendo incluir o conector torquimétrico CTK e o suporte para sustentação do terminal SCK.

DIMENSÕES

Medidas de Muflas TPK:

Medida de muflas TPKDimensões terminais poliméricos

A instalação da mufla (terminal polimérico) em transformadores, requer mão de obra especializada; Energibell… a melhor escolha.

 

Transformador Trafo

A TRAFO foi uma indústria brasileira que teve o controle maioritário adquirido pela WEG, sua antiga concorrente na fabricação de transformadores

Transformador de energia elétrica - Trafo
Foto Trafo – Transformador de Energia

Esse processo de aquisição, ocorreu entre os anos 2007 e 2009. E hoje, é comum associarmos a palavra Trafo como sinônimo de transformador, que nada mais é que um equipamento elétrico que transforma a energia elétrica, com a finalidade de isolar um circuito, com a redução ou elevação da tensão.

Atualmente existem diversos tipos de Trafo Transformadores, cada um com uma especificação diferente para o seu uso. Dependendo da finalidade, construção e tamanho, requer um estudo planejado para garantir a segurança dos equipamentos que serão utilizados.

As partes que compõem um Transformador são: bobina primária, bobina secundária, e o núcleo que vai fazer toda a concentração do campo magnético, para que seja possível, em corrente alternada, realizar a transformação da tensão. Seja rebaixador ou elevador.

Como escolher seu Trafo ou Transformador

Para que você não erre na escolha do trafo transformadores, é muito importante que você conheça três informações valiosas que você precisa conhecer sobre transformadores?

  • Tensão de alimentação;
  • Tensão de saída;
  • Potência do Trafo transformador.

Conhecendo essas informações você poderá decidir pelo uso correto para aplicação no seu projeto.

A pior coisa que pode acontecer é você escolher trafo transformadores pelo preço, ou pela indicação de alguém sem conhecimento, pois estará sujeito a colocar em risco o seu investimento. Assim, observe bem as características e as informações que citamos acima, e sempre procure um especialista ou uma empresa confiável, que possa lhe orientar de forma profissional.

Os Núcleos no Trafo Transformadores

Sempre devemos levar em consideração a qualidade do ferro que é empregado, no projeto Trafo Transformadores, pois inerente a vontade do projetista, os transformadores aquecem durante o funcionamento, devido as perdas que existem na grande maioria dos equipamentos.

Quanto maior a potência retirada dos secundários, maior ainda será o seu aquecimento. Devido a isso, os núcleos devem ser feitos de ferro silício.

Os núcleos são constituídos dos seguintes elementos:

  • Ferro e Silício;
  • Ferrite;
  • Epóxi com esmalte vinilico;
  • Ligas amorfas.

Para altas frequências é utilizado o Ferrite. Em dispositivos de frequência acima de 10 khz as perdas por correntes parasitas não permitem o uso de aços e ligas metálicas.

Para baixas frequências é utilizado ferro silício e ligas amorfas. Os Núcleos de Ferro-Silício, são constituídos de Si 0,25% a 4,75% e o restante de Ferro. O ferro possui as características magnéticas, que ajudam no desempenho e o silício atua como um isolante do núcleo.

As Ligas Amorfas, possuem propriedades únicas. Feitos a partir da rápida solidificação de ligas metálicas, apresentam fácil magnetização devido ao fato de seus átomos se encontrarem arranjados de maneira aleatória, facilitando a orientação dos domínios magnéticos.

Podemos afirmar que o material magnético mais utilizado na construção de núcleos, tanto de indutores quanto de trafo transformadores, é a liga de Ferro-silício. Os mesmos são laminados, (cerca de 0,3 mm de espessura por lâmina), e cada lâmina é isolada de outra, assim cria-se uma resistência diminuindo as perdas pelas correntes.

Trafos Transformadores – Contrate nossos serviços para a instalação e manutenção

Várias são as características de um transformador, pois está relacionado a tensão e potência do mesmo. E para se estruturar um projeto de acordo com as normas da ABNT, devemos seguir alguns critérios:

  1. qual será a tensão de alimentação do transformador no enrolamento primário;
  2. qual será a tensão de alimentação do transformador no enrolamento secundário;
  3. qual será a potencia máxima do trafo transformador.

Energibel Engenharia Elétrica, sua melhor opção para instalação e manutenção de transformadores de energia industrial.