Eletron – Sabe o que é e para que servem os elétrons?

Elétron (e ou β) é uma partícula que constitui o átomo, ou seja, é uma partícula subatômica. Ele tem carga negativa e se localiza na eletrosfera, em torno do núcleo atômico, o que decorre da força eletromagnética.

Elétron e seu funcionamento

As outras partículas são o próton (carga positiva) e o nêutron (carga neutra), as quais formam o núcleo atômico.

A massa do elétron, ou eletrão (em português europeu), é irrelevante; tem cerca de 1/1836,15267377 da massa do próton ou do nêutron, o mesmo que 10-30 kg. Por esse motivo, a massa atômica resulta da soma apenas da massa dos prótons e dos nêutrons.

A energia elétrica deve-se à movimentação dos elétrons que circulam pelos fios de eletricidade.

A carga positiva dos prótons junto com a carga negativa dos elétrons, dão origem à carga elétrica. 

A unidade de medida de energia elétron-volt para joule equivale a 1,602 177 33 (49) x 10-19. O elétron-volt é utilizado quando a unidade de medida do sistema internacional de energia (joule) é muito grande para ser considerada em certos estudos microscópicos.

Quando o átomo perde elétrons, ele fica carregado positivamente em decorrência dos prótons e formam cátions. Nessa condição, os elétrons são chamados de elétrons livres, que é o mesmo que dizer que são mais externos porque estão mais distantes do núcleo do átomo.

Ao contrário, são chamados de ânions quando o átomo tem maior número de elétrons e é carregado negativamente.

Importa mencionar que há um fenômeno da física que resulta na emissão de um elétron a partir de outro elétron. Esse elétron que é emitido recebe o nome de elétron auger.

Elétrons Emparelhados e Desemparelhados

Outro conceito relativo aos elétrons é o de elétrons emparelhados e desemparelhados, o que significa que essas partículas seguem ou não o mesmo sentido de rotação.

Assim, os emparelhados localizam-se aos pares, ao contrário dos desemparelhados. Isso porque a eletrosfera permite apenas a existência de dois elétrons com sentido de rotação opostas.

Descoberta do Elétron

J. J. Thomson (1856-1940) provou que o átomo era divisível. O elétron foi a primeira partícula atômica a ser descoberta, o que aconteceu em 1887 quando estudava os raios catódicos. Por esse motivo, o físico inglês ficou conhecido como o “pai do elétron”.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s